Restaurante Prima Bruschetteria

Fachada da Prima Bruschetteria, no Leblon.

Fachada da Prima Bruschetteria, no Leblon.

Curioso para conhecer um novo cantinho do Leblon, muito bem falado nas páginas da imprensa gastronômica carioca, aproveitei um final de domingo para visitar a Prima Bruschetteria e saborear esse clássico da cozinha italiana.

Só a idéia de criar um lugar para servir um cardápio específico de bruschettas já ganhou a minha simpatia. A impressão que me passava pela cabeça é de que eu poderia experimentar quatro ou cinco sabores, tomar um vinho, e me divertir a preço módico no charmoso bairro carioca. E foi o que aconteceu. Exceto pelo vinho, que deixei que minha mulher desfrutasse desse luxo para que eu fosse o motorista da rodada. A Lei Seca não está pra brincadeira, não é mesmo?

Detalhe do toldo da Prima Bruschetteria.

Detalhe do toldo da Prima Bruschetteria.

Li nas resenhas de jornais e revistas que era importante chegar cedo porque a bruschetteria está na moda e a procura tem sido grande, gerando inclusive filas para garantir um lugar. Confesso que não segui à risca esta recomendação e cheguei por volta das 21h. Não deu outra. A área interna estava cheia e os balcões do lado de fora também. Deixei meu nome na lista com a recepcionista, e ao mesmo tempo um garçom conseguiu uma daquelas “mesas de espera”, onde a gente fica em pé, mas já pode ir consumindo uma bebida para distrair o aguardo. Funcionou!

A gente nem percebeu o tempo passar e em 15 minutos vagou uma mesa. Éramos três pessoas e sentamos num cantinho próximo à janela, cuja mesa era para dois. Mas preferimos nos apertar um pouco a ter que esperar mais. E até que nos distribuímos bem.

Bruschetta de Presunto de Parma, queijo de cabra e rúcula - R$ 7,80. Clássica!

Bruschetta de Presunto de Parma, queijo de cabra e rúcula - R$ 7,80. Clássica!

Como numa bruchetteria não existe um prato principal, e todas as opções são uma espécie de entrada, atacamos de cara o carro chefe da casas, pedindo três sabores diferentes. As bruschettas vêm no tamanho que costumamos encontrar nas entradas dos restaurantes italianos. Os preços são compatíveis, mas é claro que uma só não dá nem pra começar a contar história. As pedidas iniciais foram: 01) Bruschetta Tapenade de Azeitonas Pretas (R$ 4,90); 02) Bruschetta de Presunto de Parma, Queijo de Cabra e Rúcula (R$ 7,80); e 03) Bruschetta de Camarão, Tomate Italiano e Pesto (R$ 7,50). A minha predileta dessa primeira leva foi a de azeitona, intensa e forte. Mas eu sou suspeito porque me considero um grande fã desse fruto. Aliás, se existisse algo como um sommelier de azeitonas, eu até investiria nessa especialização. Mas isso é assunto prum outro post.

Bruschetta de Tapenade de Azeitonas Pretas - R$ 4,90.

Bruschetta de Tapenade de Azeitonas Pretas - R$ 4,90.

Bruschetta de Camarões, tomate italiano e pesto - R$ 7,50.

Bruschetta de Camarões, tomate italiano e pesto - R$ 7,50.

Nesse meio tempo, eu fiquei no Guaraná Zero e minha mulher posou de chique pedindo uma taça de Prosecco Salton Brasil (R$ 11,00).

Taça de Prosecco Salton Brasil - R$ 11,00.

Taça de Prosecco Salton Brasil - R$ 11,00.

Pela descrição e pelas fotos, não há dúvidas de que o produto é bom. E a oferta de sabores consegue fugir do be-a-bá. Se você quer um sabor clássico, tem. Mas se você quiser arriscar, não lhe faltam opções. E saboreando as bruchettas como se fossem petiscos, encaramos mais uma rodada. Desta vez o elenco estava incrementado para além das bruschettas. Sem perder o tempo dos pedidos, optamos por fugir do roteiro e escolher uma opção que prometia ser apetitosa já no cardápio. Trata-se do Bolinho de Polenta com Gorgonzola (R$ 14,00), cuja porção vem com 08 unidades. Pedimos duas porções e não houve arrependimento. Diferente, sequinho e com molho agridoce, me arrisco a dizer que o bolinho de polenta é melhor do que as bruschettas que provei. Inclua em suas opções quando for lá!

Bolinho de polenta com gorgonzola (8 unidades) e molho agridoce de pimenta - R$ 14,00.

Bolinho de polenta com gorgonzola (8 unidades) e molho agridoce de pimenta - R$ 14,00.

As bruschettas complementares não fizeram feio. Se liga na composição: Bruschetta com Gorgonzola e mel (R$ 5,50) e Bruschetta com Cogumelos, mozzarella de búfula e azeite de trufas (R$ 8,00). Dá ou não dá vontade de pintar lá pela Prima Bruschetteria pra com provar se o que eu to falando aqui é verdade mesmo ou não?

Bruschetta de Cogumelos, mozzarella de búfula e azeite de trufas - R$ 8,00.

Bruschetta de Cogumelos, mozzarella de búfula e azeite de trufas - R$ 8,00.

Bruschetta de Gorngonzola e mel - R$ 5,50. Saca o melzinho escorrendo...

Bruschetta de Gorngonzola e mel - R$ 5,50. Saca o melzinho escorrendo...

E foi assim que nos despedimos. Com a vontade de voltar uma próxima vez, pra desbravar novas opções do cardápio e tomar aquele vinho que responsavelmente não tomei dessa vez. Ficou pra próxima!



RESUMO DO JANTAR

O ambiente é aconchegante, bem decorado, à meia-luz e meio modernoso. O atendimento, apesar de todas as mesas cheias, foi bom também. Principalmente pela atenção inicial dada pelo garçom, ao nos abrigar em uma mesa de espera externa, onde foi possível beber alguma coisa enquanto aguardávamos uma vaga lá dentro. O preço das bruschettas é justíssimo e o sabor até surpreende. Tá aprovado!


Curte a proposta do restaurante e admira as bruschettas? COMENTE ESSE POST e deixe sua opinião aqui.


Restaurante Prima Bruschetteria

Rua Rainha Guilhermina, 95
Leblon – Rio de Janeiro – RJ
Tel: (21) 3592 0881 ou (21) 2512 8298
http://www.primab.com.br


Exibir mapa ampliado

Tags: , , , , , ,

4 Responses to “Restaurante Prima Bruschetteria”

  1. June 23, 2010 at 12:02 am #

    As bruschettas complementares me instigaram mais… a de mel com gorgonzola funciona bem? O bolinho de polenta tb deve ser algo!

  2. June 23, 2010 at 11:05 pm #

    Como eu disse, o bolinho de polenta se destacou. A de mel com gorgonzola funciona bem. Mistura curiosa, né? Achei que ela podia ter vindo mais recheada, com o próprio queijo e mais mel. Mas funciona sim!

    Fico aguardando sua colaboração, heim?!

    abraço!
    Léo SPinardi

  3. September 30, 2010 at 8:46 pm #

    Adoro a prima. é um dos meus lugares favoritos no Rio. Acho que se fosse maior não seria tão gostoso – mas já desisti de chegar às 9h… Só chegando cedo, rs

  4. September 30, 2010 at 8:55 pm #

    Oi Biessa! Isso é verdade. O ambiente é pequeno, compacto, porém não incomoda. Passa uma sensação de aconchego, o que colabora com o charme do lugar. Acho que eles acertaram no bairro onde o restaurante foi aberto e na propostas de servir bruschetas, que dificlmente alguém não vai gostar. E pode cobrar um preço simpático porque bruscheta não é um troço caro, né?

    grande abraço,
    Léo Spinardi

Leave a Reply