Restaurante Tragga – Botafogo

Fachada do restaurante argentino Tragga, em Botafogo.

Fachada do restaurante argentino Tragga, em Botafogo.

Quando acho que não existe mais espaço físico para crescer um restaurante no Pólo Gastronômico de Botafogo, eis que me deparo, por acidente (sempre!), com esta belíssima e suculenta novidade no bairro. Minha tentativa de visitar o vizinho Meza Bar foi frustrada por uma grande fila e muitas pessoas aguardando nas mesas do lado de fora. Sorte a minha que pude perceber a fachada elegante de um novo estabelecimento que há pouco tempo não existia ali. Estou falando do restaurante Tragga, especializado em carnes. Melhor: especializado em carnes ARGENTINAS.

Terra Noble Sauvignon Blanc Reserva - R$ 64,00.

Terra Noble Sauvignon Blanc Reserva – R$ 64,00.

Tim tim! Vinho branco com carne combina, Arnaldo? Nem aí! :)

Tim tim! Vinho branco com carne combina, Arnaldo? Nem aí! :)

A fila no local era pequena e, em menos de 10 minutos, eu e minha mulher já estávamos sentados no bar do restaurante degustando um Terra Noble Sauvignon Blanc Reserva (R$ 64,00). Mas ei? Vinho branco com carne vermelha? Fuck off! Eu não sou sommelier e pra mim ia harmonizar perfeitamente. Menos de 5 minutos no bar, uma mesinha pra dois vagou e lá estávamos, olhando ansiosos para o cardápio, que oferece um bocado de opções tentadoras.

Empanada Salteña: carne picada na faca, batata, pimentão e pimenta - R$ 7,00.

Empanada Salteña: carne picada na faca, batata, pimentão e pimenta – R$ 7,00.

Para manter a pegada argentina, escolhemos a Empanada Salteña – carne picada na faca, batata, pimentão e pimenta (R$ 7,00). Massa sequinha, saborosa, com um tempero bem latino dentro. Nada de imperdível. Comecei por ela porque quis pontuar o início do jantar com algo bem típico.

Desperdício de tempo. Poderíamos ter ido direto para os chorizos (nossas populares linguiças) disponíveis nos sabores tradicional (lombo), cordeiro ou picanha. Na verdade, pedi ao garçom como uma segunda entrada, mas as linguiças foram ficando esquecidas, esquecidas, esquecidas… e de repente chegou a carne. Sim, o prato principal!

Eu pedi o delicioso Bife de Tira, corte tipicamente argentino da picanha, que consiste em um pedaço retangular e comprido, retirado do miolo da peça, resultando num prato suculento e saboroso (R$ 52,00 – só a carne). Não consigo acreditar que a casa tenha carne mais saborosa que esta, apesar dos promissores Bife de Ancho, Bife de Chorizo e Prime Rib.

Corte típico argentino, eis o delicioso Bife de Tira - R$ 52,00.

Corte típico argentino, eis o delicioso Bife de Tira – R$ 52,00.

Deliciosas e criativas cebolas recheadas com queijo, tomate e orégano - R$ 18,00.

Deliciosas e criativas cebolas recheadas com queijo, tomate e orégano – R$ 18,00.

Minha mulher optou pelo Ojo de Bife: corte alto retirado do miolo do contrá-file (R$ 49,00), um pedaço que julgo ser mais popular que o nobre miolo da picanha que eu pedi, mas que nem de longe é melhor em sabor. Um pedaço menor de carne, porém mais alto e mais seco, sem o sabor impregnado de uma gordura próxima. Enfim, perto da minha peça, este ficou parecendo um bife industrializado. Veja bem: não estou dizendo que o Ojo de Bife é ruim, mas, sim, que o Bife de Tira é muuuuuuuito melhor. Considere minha dica quando estiver indeciso à frente do cardápio.

Para acompanhar, escolhemos a diferente Cebola Rellena – cebola assada recheada com queijo, tomate e orégano (R$ 18,00). Parece uma pizza sem massa. Uma pizza na própria cebola. Saborosa demais, levinha, sem deixar bafo, uma vez que a cebola é assada embrulhada no papel laminado.

Ojo de Bife é uma peça alta, retirada do miolo do contra-filé - R$ 49,00.

Ojo de Bife é uma peça alta, retirada do miolo do contra-filé – R$ 49,00.

Foi ótimo ter escolhido um único acompanhamento, porque as peças de carne rendem no prato. Ou seja, ficamos facilmente satisfeitos com o combinado carne + cebola. No entanto, o garçom veio nos lembrar da linguiça esquecida da entrada. Me sentiria culpado de não trazer a opinião de um item clássico do cardápio. Como vir num restaurante de carne e não falar das linguiças?

Não sei se foi porque já estávamos satisfeitos e com o paladar saturado, mas o trio de linguiças de lombo (R$ 24,00) não encantou. Pior, foi até um desafio dar conta destes três chorizos após ter comido o prato principal. Enfim, vacilo do atendimento que comprometeu a percepção do petisco, disponível também nas versões Cordeiro (R$ 28,00) e Picanha (R$ 26,00).

Linguiça ou Chorizo? - R$ 24,00 (3 unidades).

Linguiça ou Chorizo? – R$ 24,00 (3 unidades).

Se eu não consegui ir embora sem trazer a experiência dos chorizos, o que dirá de uma sobremesa com o clássico doce de leite argentino. Não iria embora mesmo sem provar essa, houvesse o mínimo espaço que fosse em meu estômago. Que tal a Panqueque? Incrível panqueca de doce de leite argentino com sorvete (R$ 22,00). Sim, aquele doce de leite mais escuro, consistente, quentinho, enrolado em uma massa suave, levemente caramelizada, acompanhado de sorvete de creme. Tentar dizer o quanto isso é bom é chover no molhado. Os únicos que poderão não gostar são os avessos a doce de verdade. Doce bem doce, saca? Não é o meu caso! 😉

Fim de jogo para esta excelente e acidental experiência em mais um restaurante do rio. Mais um que você, fã de carne e das delicias argentinas, não pode deixar de conhecer.

Incrível panqueca de doce de leite argentino com sorvete - R$ 22,00.

Incrível panqueca de doce de leite argentino com sorvete – R$ 22,00.



RESUMO DO JANTAR:

Atirei no que vi e acertei no que não vi. Tentava ir ao Meza Bar, em Botafogo, e acabei descobrindo este vizinho argentino, especializado em carnes e cortes clássicos das terras hermanas. Esqueça a maminha, o contrá-filé, a picanha e a alcatra. Aqui os nomes são outros. Os cortes também? Bife de Ancho (ponta do contra-filé), Bife de Tira (corte transversal da picanha) e Tapa de Cuadril (picanha) são só algumas das tentações. Eu fiquei muito satisfeito com meu Bife de Chorizo (corte do contra-filé com fina capa de gordura), que já elenquei como melhor carne do cardápio. Minha mulher experimentou o macio Ojo de Bife, mas que, ao meu ver, fica atrás da minha escolha. O atendimento ficou devendo o meu trio de chorizos (linguiças) que pedi de entrada e só veio depois do prato, mas no cômputo geral, o restaurante traz um ambiente nota 10, com cardápio idem e um preço bastante adequado à qualidade geral oferecida.


Já esteve no Tragga? Conhece outro restaurante argentino no Rio de Janeiro melhor que ele? COMENTE ESSE POST e compartilhe sua experiência.


Restaurante Tragga

Rua Capitão Salomão, 74 – Botafogo
Tel: (21) 3507-2235
http://www.tragga.com.br


Ver mapa maior

 

Tags: , , , , , ,

3 Responses to “Restaurante Tragga – Botafogo”

  1. Fernanda
    October 25, 2013 at 11:02 pm #

    Devo dizer que vc acertou na mosca! Nao que o Meza seja ruim… e muito menos que eu conheça o Tragga! Mas digamos que o atendimento do Meza é no mínimo constrangedor! Moramos na região e fomos conhecer o Meza com um outro casal de amigos… Na hora da conta (R$340) veio um item que não pedimos e principalmente, que não consumimos, 1 caipi vodca (algo em torno de R$20). Reclamei pois sou daquelas “Dai a César o que é de César” e só!! Já achei a resposta atravessada: “vou ver com o garçom que atendeu vocês”. Eis que me volta a garçonete dizendo que havia um erro, que nós realmente não havíamos pedido a tal caipi vodca mas que um outro garçom a teria entregado na nossa mesa e que nós tinhamos consumido. Ou seja, além de me constranger em ter que reclamar uma cobrança indevida, ainda fui chamada de desonesta!!!! Discuti, respondi, o item foi finalmente retirado e pagamos a conta. O amigo que estava conosco pediu para falar com gerente e a garçonete disse que o gerente nao estava, ele pediu entao para falar com o dono (que tinhamos vários motivos para acreditar que era um cara que estava no balcão), a garçonete disse que o dono tb nao estava e que os garçons estavam encarregados. Levantamo-nos para ir embora, na porta, perguntamos à recepcionista se o distinto cavalheiro era o dono e nos espantamos quando ela disse que sim. Voltamos e reclamamos com ele. A maior indignação foi perceber que o comportamento dos garçons era mero reflexo do proprietário, cuja maior reação foi simplesmente perguntar se o item havia sido retirado, sem a menor menção em se desculpar. Uma pena, pois os drinks e belisquetes do bar são ótimos!

  2. Alexandre
    December 20, 2013 at 6:20 pm #

    Diminuiu o ritmo heim meu caro!! Que em 2014 você volte com tudo! Ao menos duas resenhas ao mês!!!!

    Kkkkk abs

  3. December 20, 2013 at 6:28 pm #

    Obrigado, Alexandre! realmente o ritmo caiu bem. Mas não desistimos de uma possível reviravolta em breve. Obrigado pelo estímulo.

    abraço,
    Leonardo Spinardi

Leave a Reply