Restaurante Via Farani – Flamengo

Logotipo do Restaurante Via Farani - Esqueci de tirar a foto da fachada.

Logotipo do Restaurante Via Farani - Esqueci de tirar a foto da fachada.

Não sei ao certo se ele fica no final do bairro do Flamengo ou no início do de Botafogo, mas posso garantir que é um dos melhores lugares para se comer rodízio de comida japonesa no Rio. Tá duvidando? Vamos ver se meus argumentos lhe convencem sobre o que digo.

É mesmo de causar estranhamento um restaurante cujo primeiro andar é especializado em comida italiana e o segundo em japonesa. Os mais desconfiados não dariam crédito algum. A gente logo pensa que em uma das duas especialidades ele deve falhar. Ou até nas duas. Mas se uma delas falha, esta deve ser a italiana. Nunca experimentei para saber, mas a japonesa eu posso garantir, nas mais de 20 vezes em que fui, que a coisa é boa. Tenho cacife pra falar. O restaurante Via Farani é um dos melhores rodízios do Rio de Janeiro.

Saboreie o rodízio do Via Farani e volte aqui pra me contar. Nesse close, o Salmão Light, enrolado com lâmina de pepino.

Saboreie o rodízio do Via Farani e volte aqui pra me contar. Nesse close, o Salmão Light, enrolado com lâmina de pepino.

Esqueça essa dupla personalidade do restaurante e foque no que vou falar agora. Comida japonesa nunca é muito barata, e não seria num dos melhores rodízios do Rio que iríamos encontrar pechicnha, mas vamos avaliar se o custo X benefício é interessante. Você paga R$ 51,90 para comer à vontade uma quantidade realmente surpreendente de opções da culinária japonesa. E para ser tão bom quanto eu falo, é claro que eles inventam umas receitas próprias, com misturas curiosas e muito instigantes. Vamos ao que interessa!

Para relaxar a musculatura, inclusive a do estômago (hehehe), eu pedi de entrada um Sakê nacional (R$ 9,40), que foi posto naquele copinho quadrado como manda o figurino: até transbordar no prato. Minha mulher que é mais chique e elegante, optou por uma Caipisakê de Limão, coado e com adoçante (R$ 9,40). Confesso que a opção dela fica mesmo uma delícia e engana os mais empolgados. Como o sakê é leve, a bebida fica um refresco, quase um Gatorade. Tome um, no máximo dois, se não quiser ultrapassar os limites do relaxamento.

Sake nacional como aperitivo, transbordando como manda o figurino -  R$ 9,40.

Sake nacional como aperitivo, transbordando como manda o figurino - R$ 9,40.

Caipisake - Cruzamento Brasil-Japão: Caipirinha de Sake coada - R$ 9,40.

Caipisake - Cruzamento Brasil-Japão: Caipirinha de Sake coada - R$ 9,40.

O esquema do rodízio é aquele padrão. Você ganha duas comandas: uma de enrolados e opções frias; e outra de pratos quentes, com perfil mais chinês e com frituras. A partir daí, é saborear aquela sensação de fartura que o rodízio te traz. E este vem acompanhado de muita qualidade. Recomendo que você faça suas escolhas em duas rodadas bem distribuídas, sem pressa, até pra analisar o que você pretende valorizar. Confesso que eu faço um único pedido da pesada, mas às vezes me arrependo por não ter reservado espaço para uma opção que deixei passar despercebido. Faça o que eu digo, não faça o que eu faço.

Missoshiro quentinho e muito bem temperado. Delicioso!

Missoshiro quentinho e muito bem temperado. Delicioso!

Couve Crocante - uma das opções diferenciadas que surpreende. Nunca pensei que uma couve pudesse ser gostosa assim.

Couve Crocante - uma das opções diferenciadas que surpreende. Nunca pensei que uma couve pudesse ser gostosa assim.

Rapidamente as primeiras opções chegaram, e foram as escolhas do cardápio quente. Missoshiro é padrão e muito difícil de errar. Quentinho, bem temperado, fartura de tofu, sem mistério. Uma opção que sempre escolho e acho muito curiosa é a Couve Crocante. Concordo que o nome é pouco atrativo, mas é uma opção bem levinha, não ocupa espaço na barriga e bem saborosa. Acho que é frita, pois os fiapos bem finos de couve ganham uma consistência mais crocante, que, apesar disso, dissolve só de você pressioná-la contra o céu da boca. Vale arriscar. Acredite!

Lula Empanada - quantas você quiser, bem sequinha e com molho agridoce.

Lula Empanada - quantas você quiser, bem sequinha e com molho agridoce.

Espetinhos de camarão com molho teryaki. Tão bom que minha mulher nem esperou eu tirar foto.

Espetinhos de camarão com molho teryaki. Tão bom que minha mulher nem esperou eu tirar foto.

Os pratos quentes continuaram chegando e, de uma só vez, pousaram em nossa mesa a porção de Lula Empanada com molho agridoce e os espetinhos de camarão. Viajei recentemente para Europa e sonhava encontrar uma lula desse tamanho, sequinha e em porção farta como esta do Via Farani. Na Espanha? Nunca! Ela é empanada com alguma farinha mais grossa, que não se desfaz e não desgruda da lula. Perfeita! Não esqueça desta na hora de escolher. O espetinho de camarão não impressiona. Se quiser privilegiar outra opção, não vai perder nada de especial. São pequenos espetos com 4 ou 5 camarões e um pouco de molho agridoce escuro por cima.

Porção de Hot Filadélfia com massa sequinha.

Porção de Hot Filadélfia com massa sequinha.

Haru Hot - uma das novidades de casa: Harumaki fatiado com massa de Hot Filadélfia.

Haru Hot - uma das novidades de casa: Harumaki fatiado com massa de Hot Filadélfia.

Aí vem uma leva de enrolados quentes, nas duas fotos acima e na primeira de baixo. O Hot Filadélfia é o enrolado que faz a alegria da galera e até os que não são muito chegados em comida japonesa gostam. Combina muitíssimo bem (me perdoe se vou cometer uma quebra de etiqueta) com o aquela pastinha de raiz forte, o wasabi. Os dois seguintes eu sempre confundo, e pode ser que a nomenclatura esteja errada. Se alguém souber, me corrija. Mas eu acredito que são duas criações da casa que vale a pena conhecer. É o Haru Hot (Harumaki fatiado com massa de Hot Filadélfia) e o Hot Show (Hot Filadélfia com casca de Harumaki e molho agridoce escuro). Aliás, alguém sabe a diferença dos nomes do molho agridoce vermelho e desse mais escuro? Morro de curiosidade…

Mais uma novidade: Hot Filadélfia enrolado com casca de Harumaki, acompanhado de molho agridoce.

Mais uma novidade: Hot Filadélfia enrolado com casca de Harumaki, acompanhado de molho agridoce.

Os clássico começam a pintar na mesa e como o estômago vai ficando pequeno pra tanta opção, escolhi poquíssimos Sushis e enrolados com arroz. Basicamente Sushis de salmão e camarão, já que este último é o meu predileto. Malandro que sou, previlegiei os Sashimis de salmão, atum, peixe branco e polvo, que eu também me amarro muito. Capricho no wasabi, uma leve molhadinha no Shoyo Light (pra não dar muita ressaca de sal) e corro pro abraço. Na porção dos enrolados frios, destaco uma opção bem leve e diferente (nunca vi em outros rodízio) que é o Salmão Light (salmão e cream cheese enrolados em finas fatias de pepino). Desce fácil, refrescante e com consistência diferente, já que não tem arroz. Experimente!

Pequena porção de Sushis de Salmão e Camarão.

Pequena porção de Sushis de Salmão e Camarão.

Fartura de Sashimis (salmão, atum, polvo e peixe branco) e alguns Makimonos.

Fartura de Sashimis (salmão, atum, polvo e peixe branco) e alguns Makimonos.

Se você quiser mesmo se surpreender, não economize nas unidades do Atum na Crosta. Essa obra de arte aí ambaixo trata-se de fatias de sashimi de atum levemente cozidas, na crosta de especiarias, alecrim e aquele saboroso molho agridoce escuro. Pode pedir bastante que esse é o destaque da noite. Não é novidade, pois já vi em outros restaurantes japoneses no rio, mas este aqui acerta direitinho no ponto: do cozido, do tempero e do sabor. Já te convenci de que o Via Farani deve estar no Top 3 dos melhores rodízios de comida japonesa do Rio? Ainda não?

Atum na Crosta - Sashimi de atum levemente defumado com crosta de especiarias.

Atum na Crosta - Sashimi de atum levemente defumado com crosta de especiarias.

Então minha última cartada vem em forma de doces argumentos. Sobremesas interessantes também estão disponíveis no rodízio. Você pode escolher entre o Harumaki de Banana ou de Chocolate, ambos acompanhados de Sorvete. São duas maravilhas pra tirar aquele saborzinho do fundo do mar que você não pretende levar pra casa. Se nenhum dos dois lhe agradar, já vi gente pedindo umas gravatinhas, tipo um embrulhadinho frito, com pedaços de morango, que também vem com sorvete. Se depois de todos esses argumentos você ainda tiver se convencido sobre a boa que é comer no Via Farani, é porque você deve ser mais fã de feijoada e/ou churrasco do que de comida japonesa. Então, esqueça!

Harumaki de Chocolate com Sorvete de Creme para fechar com chave de ouro!

Harumaki de Chocolate com Sorvete de Creme para fechar com chave de ouro!



RESUMO DO JANTAR:

Acho que estão descobrindo o Via Farani. Vou no final de semana e está cheio, vou no meio da semana e está cheio. Conseguir uma vaga lá em cima não tem sido fácil. Chegue perto das 20h, 20h30 no final do semana, e acredito que não terá problemas. O atendimento segura a onda. Quando está cheio, demora um pouquinho. Quando está vazio, nossa comanda bate na cozinha e volta em forma de prato. É rapidinho. Há um pseudotatame que você pode sentar, mas tem espaço para colocar as pernas embaixo. Outro dia pedi uma Caipsakê que veio ruim, esquisita. Reclamei e eles me deram outra 0km. Não tem frescura. O local tem manobrista por conta da casa, mas sempre pega bem você deixar um qualquer pro cafezinho. Pode vir de carro na boa, a não ser que você pretenda cair dentro do Caipisakê!


Conhece rodízio de comida japonesa tão bom ou melhor que esse no Rio de Janeiro? Duvido! COMENTE ESSE POST e diga qual é!


Restaurante Via Farani

Rua Barão de Itambi, 73 Esq. com Rua Farani
Botafogo – Rio de Janeiro – RJ
Tel: (21) 2551-1395 | (21) 2552-6891
http://www.viafarani.com.br


Exibir mapa ampliado

Tags: , , , , , , , , ,

21 Responses to “Restaurante Via Farani – Flamengo”

  1. July 25, 2010 at 11:18 pm #

    Amor, esse sem dúvida é um dos melhores (se não o melhor) rodízio de Japa da Zona Sul!!!! Lá na opção “rodízio” ele não aparece junto com o Sushi Carioca. O blog está cada vez melhor! Te amo! Bjsss

  2. Stela
    September 28, 2010 at 8:51 pm #

    Eu sou fã desse restarante a um certo tempo.
    Adoro todos os pratos quente e frios. Ainda não encontrei um japa igual a ele. Da proxima vez que for prova mais pratos faltou um enroladinho de salmao com um molho (não sei o nome) e o tempura de camarao são dividos.

  3. September 28, 2010 at 9:04 pm #

    É verdade, Stela!
    Obrigado pelo comentário e pela dica. Quando vou lá, acabo comendo a mesma coisa sempre. Mas vou experimentar o tão elogiado tempura de camarão, ok? Sobre o enrolado de salmão, é um que é frito? Porque aqui no texto eu falo do Hot Show, que é um Hot Filadélfia com casca de Harumaki e molho agridoce escuro. Na foto desse post, não dá pra ver que ele é de salmão. Também é uma delícia!

    abraço!

  4. Stela
    September 29, 2010 at 3:14 am #

    Ola Leo
    Não é frito não é parecido com o restaurante do Iguatemi (não sei o nome), da proxima vez que for la vou bater a foto da comanda e de tudo rs.
    Adorei seu site muito bom, post todas as aventuras estarei acompanhando. Abraços.

  5. September 29, 2010 at 12:46 pm #

    Beleza, Stela! Quando for lá, tira uma foto e manda pra gente pr’eu saber qual é e experimentar também. O restaurante do Iguatemi que você está falando é o Daisen? Também gosto de lá, apesar do clima de praça de alimentação. Dá uma olhadinha nessa nossa resenha e veja se você concorda: http://restaurantesdorio.com.br/restaurante-daisen-vila-isabel/

    grande abraço e obrigado pela participação!
    Léo Spinardi

  6. Ayrton Torres
    April 25, 2011 at 5:50 am #

    Leo, o nome do molho mais espesso é tarê.

    Gostei muito das suas análises.

    Um abraço.

  7. April 25, 2011 at 11:29 am #

    Opa, Ayrton. Obrigado pela colaboração. Não conhecia esse nome.

    abraço!
    Leonardo Spinardi

  8. Paula
    October 31, 2011 at 2:05 pm #

    Que eu saiba, o molho escuro é o Teriake!!

    Não deixe de experimentar também o Mizu, que é ali do lado!! Mistura de Japa com Mexicano, mas é um sucesso nas duas opções ao meu ver!!! Por mim iria mais o Via Farani, mas meu namorado não abre mão do Mizu…

    Adorei descobrir seu blog! Estou sempre aguardando os posts com as aventuras gastronômicas!

    Um abraço!

  9. LuiS
    January 23, 2012 at 3:44 pm #

    Hola Leo! soy Luis de Buenos Aires y disculpas por escribir en español, pero en portugues solo puedo decir “obrigado” 🙂
    Te hago una pregunta porque no he comprendido bien el sistema de “Via Farani”. ¿Es un rodizio tradicional donde los platos salen incesantemente o se elige previamente que platos pedir? y si asi fuera… qué cantidad se puede elegir?
    Bueno, quedo a la espera de tu amable respuesta y felicitaciones por tan EXCELENTE trabajo que haces con este site. Saludos!

  10. January 23, 2012 at 4:09 pm #

    Hola, Luis!

    Gracias por los elogios y la participación.

    Estoy usando Google Translator para escribir un comprensible español para usted, ok?

    En el restaurante Via Farani, usted elige los platos con antelación a través de un formulario, un papel. Se puede repetir tantas veces como desee los platos, sin límite de cantidad. Pero hay una advertencia sobre la colección de un valor por pieza en el plato que no sea comida. Pero no se preocupe, sólo tiene que utilizar el sentido común, sin exagerar.

    ¿Lo tienes? Tiene dudas?

    Saludos,
    Leonardo Spinardi

  11. LuiS
    January 23, 2012 at 7:04 pm #

    Leo! eres muy amable al tomarte el trabajo de traducir para responderme.
    Con mi esposa hace 5 años que vamos a Rio porque es un lugar en donde nos sentimos comodos y sorprendidos cada año. Y he leido tus reseñas de restaurantes que no conocia y que si o si em Marzo de este año iré a visitar.

    No me quedó claro si cobran la pieza que no sea comida? supongo que es un error de traduccion.
    Y una mas: sabes aproximadamente los preços de rodízio? (aqui estan de 7/2010).
    Nuevamente te agradezco la ayuda que das a quienes no conocemos esos lugares a los que el turista no siempre llega. Abrazo!
    Luis

  12. January 24, 2012 at 5:28 pm #

    Hola, Luis!

    Perdón por la demora en responder.

    Los costos del rodizio es entre 50 y 60 reais. Usted recibe un papel, lo que indica lo que usted desea y la cantidad, entre los platos frios (sushi, sashimi, tekka, kappa) y caliente (harumaki, yakisoba, brochetas).

    En este papel hay una advertencia que se le cobrará un monto solicitado por las partes que no se consumen. Creo que es más una advertencia que una regra eficaz. Yo estaba más claro ahora? =)

    Saludos,
    Leonardo Spinardi

  13. LuiS
    January 24, 2012 at 6:38 pm #

    Leonardo, muito obrigado pela explicação tão clara. Eu continuarei lendo o seu blog para o meu roteiro gastronómico do mês de março. (Feito com tradutor do Google, desculpe pelos erros).

    LuiS

  14. Milena
    August 9, 2012 at 11:23 pm #

    Olá, Leonardo!
    Seu blog é bem legal. Já que percerbi seu interesse por comida japonesa, me senti à vontade para deixar uma sugestão: se ainda não foi, vá ao Mestre Kami (Catete ou Lapa). Cara, é muito bom. Na minha opinião, muito melhor que o Via Farani. Lá o rodízio oferece muitas opções além da cozinha japonesa tradicional, chamadas especiarias, como, por exemplo, sashimi de salmão ao molho de maracujá, e a qualidade do peixe é sempre excelente.
    Depois conte aqui a experiência. =]
    Abs.
    Milena

  15. August 14, 2012 at 10:51 pm #

    Olá, Milena!

    Desculpe a demora na resposta. Eu gosto muito do Via Farani. Sabe quando a gente se apega ao lugar por conta da descoberta e das inumeras vezes em que fomos bem atendidos? Pois bem, esse é o meu caso. Pra roubar o lugar do Via Farani no meu coração vai ser difícil. =D Mas eu lhe agradeço a dica e vou procurar conhecer, sim! Obrigado pela dica e pela recomendações dos pratos, viu? Não tinha ouvido falar no Mestre Kami ainda.

    grande abraço,
    Leonardo Spinardi

  16. Daniel Rosa
    February 25, 2013 at 12:31 pm #

    Fala Leo,
    Primeiro, impossível não parabeniza-lo pelo blog e pela forma saborosa que descreve suas experiências.
    Pela sua recomendação, fui ao Via Farani no sábado passado e sim, é muuito bom!!! Suas descrições foram fieis à visita ao restaurante.
    Eu e minha esposa ainda não tínhamos encontrado um japa que conquistasse o nosso paladar, aqui no rio.
    Agora TEMOS!!! rs
    Nós tínhamos como o melhor japa, o Kento em Cabo Frio que também é muito bom e fica em frente ao MacDonald`s. Quando estiver por lá, vale uma visita.
    Bom, continue com o Blog, e em breve iremos em outros restaurantes aqui recomendados que estamos bem. rs
    Mais uma vez, parabéns pelo blog.
    Grande Abraço.
    Daniel Rosa

  17. February 25, 2013 at 1:34 pm #

    Fala, Daniel!

    Obrigado pela visita e pelo retorno positivo. Não sei a que horas esteve no Via farani, mas eu também estava lá, depois de muito tempo sem ir. Curti um rodízio e me fartei com aquela variedade. Não deixo de pedir: anéis de lula, roasted atum e um enrolado de salmão, com cream chesse, gergelim moído e gengibro torrado por dentro. Bom demais!

    Obrigado também pela recomendação. Faz um tempo que não vou a Cabo Frio, mas, quando pintar por lá, me lembrarei da dica.

    grande abraço,
    Leonardo Spinardi

Trackbacks/Pingbacks

  1. RESTAURANTES DO RIO – Experiências de um paladar comum que gosta de comida boa, preço justo e de um bom atendimento. » Blog Archive » Restaurante Da Silva – Botafogo - June 23, 2011

    […] erramos no pedido de entrada ou se estou acostumado com os deliciosos e sequinhos anéis de lula do Via Farani, mas essa opção não agradou. O empanado por vezes se desfazia, soltando-se dos anéis, e ainda […]

  2. RESTAURANTES DO RIO – Experiências de um paladar comum que gosta de comida boa, preço justo e de um bom atendimento. » Blog Archive » Restaurante Zaza Bistrô – Ipanema - July 9, 2011

    […] – é misturado com wasabi. O crocante de couvee é a mesma delícia que a gente encontra noVia Farani: fios de couver bem torradinhas que é até difícil descrever como é que ele é feito. Vou me […]

  3. RESTAURANTES DO RIO – Experiências de um paladar comum que gosta de comida boa, preço justo e de um bom atendimento. » Blog Archive » Restaurante Venga – Ipanema - September 16, 2011

    […] e bem sequinhos, não me encantaram. Vale dizer que eu tenho como parâmetro os anéis de lula do restaurante Via Farani, no Flamengo, que são imbatíveis. Perto destes, os outros ficm, no máximo, bons.  Foi o caso […]

  4. RESTAURANTES DO RIO – Experiências de um paladar comum que gosta de comida boa, preço justo e de um bom atendimento. » Blog Archive » Bar e Restaurante Adega Pérola – Copacabana - October 30, 2011

    […] a bem servida porção de Lula fritas em anéis com limão (R$ 20,00). Não é imbatível como a do Via Farani (famosa aqui no blog), mas excelente pedida para render com uma cerveja mais encorpada. Sequinha e […]

Leave a Reply